Status

Quando for grande…

Quando em 2008 comecei a trabalhar, pouco se falava em empreendedorismo, incubadoras de empresas ou de start up’s, mas desde essa altura que o meu objectivo profissional é trabalhar por conta própria.

Enquanto não surge a oportunidade e o momento de concretizar esse sonho o objectivo é gostar do que faço, aprender, desenvolver competências e crescer de forma contínua fazendo o possível para que o percurso seja coerente e com sentido ascendente.

Se aos 50, 50 e poucos não tiver o meu sonho realizado, tenciono juntar os trocos que tiver amealhado até então e rumar com a “Maria” até à terra onde nos instalaremos por conta própria, ela com a sua casa de chá e doces caseiros e eu dedicado à exploração florestal ou agrícola.

Até lá tudo pode acontecer ou não, o importante é que haja saúde.

Gabriel Lopes