Status

Sem Espinhas…

Se há pessoas achacadas com as espinhas do peixe, eu sou definitivamente uma delas…

Ainda ontem ao jantar pensei: “ufa, hoje é aquele peixe que só falta escreverem na embalagem em letras garrafais Sem Espinhas“. No entanto, mal abri o peixe vi logo algumas das ditas espinhas…

Lá fui jantando pondo de lado as espinhas e pensando que nem tendo feito a boa acção do dia logo pela manhã, destravando o carro de uma senhora a quem o filho tinha puxado o travão de mão quase até ao tejadilho, me livrei das malditas espinhas… lol

No final da refeição contei 11 espinhas num peixe que supostamente não tem espinhas. Sinceramente acho que isto é Sina…

Gabriel Lopes

Status

Dia de Pai

Hoje é um daqueles dias únicos na vida em que não posso deixar passar a oportunidade de dizer o que a palavra Pai significa para mim.

Hoje é o dia em que digo que tenho o melhor pai do mundo por todos os motivos e mais alguns. À sua maneira, com o seu feitio, defeitos e virtudes sempre deu o seu melhor e fez tudo o que podia e sabia para ser o melhor pai e me ajudar a ser a pessoa que sou hoje.

Mas hoje é também o dia em que essa passou a ser também a minha maior missão: Ser pai, ser o melhor pai do mundo para o meu filho António! Espero que um dia tenha orgulho em mim, o mesmo orgulho, admiração e respeito que tenho pelo meu pai António.

Amo-te Pai! Amo-te Filho!

Gabriel Lopes

 

 

Pequenas Grandes Diferenças…

Este fim de semana numa ida ao Pingo Doce reparei que a cor das embalagens do leite magro da marca própria desta insígnia não era exactamente a mesma apesar de estar nas mesmas prateleiras, ao mesmo preço e com a mesma identificação… Achei estranho e não tendo percebido a diferença comentei com a minha mulher. Sempre atenta aos mais pequenos detalhes no que toca à selecção dos produtos alimentares, explicou-me que a diferença estava na origem do leite.

Coloquei duas embalagens lado a lado e lá estava a indicação Pt numa e Fr na outra. Leite UHT Magro Pingo Doce 1 Litro produzido em Portugal (à esquerda) e Leite UHT Magro Pingo Doce 1 Litro produzido em França (à direita).

Leite Pt vs Fr

Aqui está mais uma prova de que podemos ajudar os produtores de leite nacionais e estimular a economia do nosso país sem que isso implique gastar mais ou mudar os hábitos de consumo.

Gabriel Lopes

Status

Avós!

Mesmo não sendo dia dos avós, hoje apetecia-me ir visitar os meus, não fossem os 350 kms que nos separam…

A vida às vezes é assim, nem sempre fazemos as coisas que gostamos com a frequência que queremos. O meu avô Adelino (Paterno) e a minha avó Ângela (Materna) vivem em lares desde há alguns anos a esta parte e sempre que os visito volto com um misto de sentimentos que me deixa por um lado muito feliz por poder estar com eles mas ao mesmo tempo um pouco triste por sentir que estão a ficar mesmo muito velhinhos…

Como gostava de poder continuar ouvir histórias das suas vidas durante muitos mais anos com a lucidez que ambos têm aos 93 e aos 92 anos. Estão relativamente bem, apesar da avó ainda hoje não gostar muito da ideia de morar no lar e ter caído há coisa de um mês. Já o avô mal consegue ver devido às cataratas que já não são operáveis, apesar disso está sempre bem disposto, por ele está sempre tudo bem e toda a equipa do lar gosta dele. Ao contrário da avó após um mês de estadia já dizia: “Se eu soubesse que era assim, já tinha vindo antes!

Esta é a ideia que tenho em mente quando sentir que já não tenho capacidades para tratar de mim, dos meus e da minha casa… Assim eu lá chegue.

Gabriel Lopes

Está feito!

Está feito! Pós Graduação concluída com sucesso.

Dito assim parece que foi fácil, mas na verdade foi um investimento pessoal e familiar que ao longo do último ano com muitas horas de estudo, trabalhos atrás de trabalho, jantares à pressa, poucas horas de sono, tudo isto conciliado com a parte familiar e laboral.

Na parte familiar a minha Leonor foi um apoio constante e generoso sempre com disponibilidade, paciência e muita compreensão sobretudo nos últimos meses em que já carrega o nosso filhote no ventre. Na parte laboral utilizei a velha máxima do “antes quebrar que torcer” e não deixei de dar o meu melhor todos os dias, sobretudo nos meses seguintes a ter deixado a Alliance Healthcare para ingressar no O Boticário.

Agora foi também muito recompensador, desafiante e gratificante, não só pela aprendizagem mas também pelos colegas que conheci ou reencontrei, por alguns professores verdadeiramente inspiradores, por grande parte dos temas abordados e fundamentalmente porque correspondeu ao meu objectivo inicial de complementar a minha formação base, em engenharia, com formação específica na área onde profissionalmente me sinto bem e realizado, a Logística.

Gabriel Lopes

Vídeo

Le Tour 2015

O Tour de France está de volta para a sua 102ª edição e promete 3 semanas de emoção, estratégia e muito apoio aos nossos Portugueses:

  • Tiago Machado 98 (Katusha)
  • Rui Costa 151 (Lampre – Mérida)
  • Nelson Oliveira 155 (Lampre – Mérida)
  • José Mendes 197 (Bora – Argon 18)

Além dos nossos 4 representantes, este ano a bandeira nacional vai marcar presença em todas as etapas no corpo de Rui Costa (Campeão Nacional de Fundo) e de Nelson Oliveira (Campeão Nacional de Contra-Relógio). Grande motivo de Orgulho!!!

Resta desejar a todos sorte e sucesso.

Entretanto, fica o video teaser da edição deste ano:

Gabriel Lopes

Status

Participação Democrática

Grande parte dos nossos problemas enquanto País têm origem no facto da nossa Participação Democrática como Povo ser uma mediocridade assustadora. Basta ver alguns aspectos básicos:

  • Não vamos votar;
  • Não oferecemos alternativas;
  • Não sabemos as regras básicas do funcionamento da democracia;
  • Compactuamos diariamente com “jeitinhos”, “cunhas” e “esquemas”;
  • Deixa-mo-nos enganar repetidamente;
  • Achamos que só temos direitos e não temos deveres;

“Ah e tal isso é muito genérico”. Pois bem, concretizando:

  • Que fazemos nós quando vamos a 160Km/Hora na autoestrada e somos multados?
  • Que fazemos nós quando vemos médicos a darem consultas no privado no horário em que deviam estar ao serviço do SNS?
  • O que fazemos nós quando sabemos de professores universitários que usam bolsas da FCT para financiar trabalhos para as suas empresas?
  • O que fazemos nós quando alguém diz que vai votar no Político X para primeiro ministro?
  • O que fazemos nós quando o gestor público usa o poder para dar trabalho às empresas de amigos para depois tirar partido pessoal desses favorecimentos?
  • Que fazemos nós quando o varredor da rua do nosso município passa o meio dia sem estar a fazer o que realmente lhe compete?
  • O que fazemos nós quando não pedimos factura em todo o lado?
  • O que fazemos nós em dias de eleições com 35º C?

Nas respostas a estas e outra questões entra novamente o “ah e tal”… e é aqui que “fechamos os olhos”!!! Aqui a culpa é sempre dos outros, afinal é mais fácil por a culpa em alguém e dizer mal do que dar o corpinho ao manifesto e fazer o que deve ser feito…

Enfim… Enquanto cada um de nós não fizer o esforço para que no conjunto sejamos melhores, mais informados, mais participativos, mais exigentes, mais justos, vamos continuar a ser medíocres enquanto Povo e País.

Gabriel Lopes

 

Status

Somos de Onde Queremos Estar

Nem sempre conseguimos estar onde queremos, mas nada nos pode impedir de ser de onde queremos estar!

Eu cá tenho muito orgulho das minhas origens e de sentir que pertenço a esta pequena e humilde terra que dá pelo nome de Soito de Aguiar da Beira. Tal como muitos outros, faço parte de uma geração que nasceu, cresceu ou vive longe do Soito, mas sempre que posso lá vou eu pra “Casa”. Infelizmente o trabalho e a vida puxam-nos pra longe mas o coração esse só tem um sentido.

Soito

Foi numa visita virtual que descobri o site da União de Freguesias de Soito e Valverde por acaso. Só posso dizer que fico muito feliz por ver um site moderno, funcional, actualizado e que permite uma maior partilha de informação entre todos. Muitos Parabéns.

http://www.ufsoutovalverde.com/

Aproveito também para me alegrar com o facto desta União entre Freguesias ter decorrido de forma tão tranquila e harmoniosa fruto da grande proximidade que sempre existiu entre as duas Freguesias. Fomos rápidos a perceber que não havia outra alternativa e a assumir que juntos somos mais fortes. Mais uma vez parabéns a todos.

E como a Saudade já é muita e ainda falta algum tempo até ao mês de Agosto, vou aproveitar o fim de semana livre para ir ao Soito fazer uma pequena visita aos meus pais. Aos que ainda têm mais um mês e meio pela frente antes de poderem regressar deixo um forte abraço.

Gabriel Lopes

PS: Nunca vou deixar de dizer/escrever Soito para passar a dizer/escrever Souto. Nem que viva 100 anos. =)

À Mes Amis

“I grew up in the ’30s with an unemployed father. He didn’t riot. He got on his bike and looked for work, and he kept looking till he found it.” – Norman Tebbit

Quando o assunto de conversa é o Desemprego lembro-me desta citação porque acredito que é inspiradora e a atitude a seguir para tentar acabar com esta chaga social.

Esta dura realidade afecta milhares de portugueses e apesar dos indicadores mostrarem uma melhoria ténue no último ano, ainda estamos acima dos 15%.  Segundo dados do Eurostat, Portugal tem desde Março de 2009 uma taxa de desemprego acima de 10%.

É assustador ver familiares, amigos, vizinhos, etc passarem por esta realidade. A todos eles quero deixar uma palavra de esperança e coragem, não desistam e acreditem porque o esforço e a perseverança acabam sempre por dar os seus frutos.

No que eu puder ajudar, contem comigo!

Gabriel

Aguiar da Beira – Transportes Públicos

Os Transportes Públicos são extremamente importantes nos grandes meios urbanos por questões físicas, (tráfego mais fluído, menos engarrafamentos), ambientais, (redução das emissões de CO2), e económicas (os custos associados à utilização dos Transportes Públicos são consideravelmente inferiores aos do Transporte Individual).

Nos meios rurais, o Transporte Público é ainda visto como pouco expressivo, muitas vezes porque não lhe é dada a devida importância pelo poder local. Mas num tempo em que a desertificação assola o interior do país e as dificuldades económicas conduziram a uma maior concentração de serviços, escolas, unidades de saúde, etc, nas sedes de concelho é importante olhar e pensar os transportes públicos como uma solução para muitas deslocações diárias/esporádicas das populações.

Olhando para realidade actual do concelho de Aguiar da Beira no que diz respeito a esta temática, existe uma pequena rede de transportes públicos constituída por 5 linhas de autocarro que ligam as várias localidades à Escola da Vila, assegurando simultaneamente o transporte escolar e do público em geral.

Para se ter uma noção da cobertura da rede resolvi criar um diagrama de rede com base na informação disponibilizada no sítio de Internet da Câmara Municipal, atribuindo uma cor cada um deles e dando uma nova imagem aos horários.

Diagrama da Rede (2013/2014):

Transportes AGB - 2013-2014

Horários dos Circuitos:

Como se pode constatar, o serviço chega a quase todas as localidades do concelho, no entanto, para além da população estudantil, a população em geral desconhece os percursos, os horários, os tempos de viagem ou os tarifários dos autocarros que servem as suas aldeias. Isto acontece porque o serviço não é divulgado, a informação é escassa e não está articulado com as necessidades das pessoas.

Quando se planeia uma rede de transportes é preciso pensar nas pessoas, conhecer as suas deslocações e criar soluções que vão de encontro às suas necessidades, sem esquecer o transporte escolar.

Falando em concreto da realidade do concelho, existem uma série de medidas que poderiam ser adoptadas para melhorar a abrangência e qualidade do serviço, nomeadamente:

1. Divulgar os serviços existentes nas Juntas de Freguesias, nas paragens de autocarros e até nos sítios de Internet da Escola, Câmara Municipal, Unidade de Saúde, etc. Isto faria com que mais pessoas conhecessem o serviço e pudessem passar a contar com ele como uma alternativa. Uma medida implicaria custos muito reduzidos a implementar;

2. Criar de 2 novas paragens (Centro de Saúde e Centro da Vila onde se encontram os principais serviços municipais e o comércio local) estendendo o percurso das 5 carreiras antes ou após a paragem na escola. Isto permitiria as pessoas irem às compras, ao médico, à escola ou tratar de assuntos pessoais usando o transporte público. A implementação desta medida não implicaria grandes custos uma vez que bastaria prolongar em 1,5 Km os percursos actuais;

3. Criar um horário a meio do dia de modo a permitir uma maior liberdade aos utilizadores possibilitando que estes passem apenas a manhã ou a tarde no destino em vez de ter de passar o dia todo no destino como acontece actualmente. Esta medida melhoraria consideravelmente a qualidade do serviço, no entanto, acarretaria um  investimento consideravelmente maior e dependeria muito da procura existente.

Estas e outras medidas poderiam melhorar muito a qualidade dos transportes públicos em particular e a qualidade de vida das populações do concelho em geral.

Gabriel Lopes